Designyou
canfeel

Resultados para “Keyword

Reutilizar é incrível: Como dar nova vida a objetos no design do seu escritório e reduzir o desperdício

Partilhar:

A estética evolui, mas algumas tendências vieram para ficar. O sector dos escritórios tem estado na vanguarda do design sustentável, e agora lidera também a gestão de resíduos – e não apenas de segregação de resíduos.

Há várias formas de conceber um escritório de “baixo desperdício”. Em primeiro lugar, a utilização de recursos deve ser reduzida e os recursos já utilizados devem, então, ser reutilizados.

Apesar de um escritório ser um produto a longo prazo, até há pouco tempo, ao planear um novo local de trabalho, os principais factores considerados eram os custos, funcionalidade e estética, com pouca atenção dada ao impacto destas escolhas sobre o ambiente. Agora, com o aumento da sensibilização nesta área, as práticas sustentáveis estão a tornar-se mais comuns.

“Os fabricantes estão continuamente a desenvolver novos materiais e soluções que apoiam o design com o espírito de reduzir os resíduos. Além disso, cada vez mais os clientes estão interessados em tornar o seu escritório mais amigo do ambiente, não só através da utilização de materiais saudáveis e certificados, mas também através da gestão das operações quotidianas”, diz Danuta Barańska, Directora Criativa da Tétris Poland.

Refletir

Desde a fase inicial do processo de remodelação, a desmontagem adequada da configuração anterior é fundamental. Alguns fornecedores estão gradualmente a introduzir a opção de desmontar e reciclar tectos suspensos. Os pavimentos em vinil também podem ser reciclados e é uma boa prática para proteger os elementos de madeira, renovando-os ou transferindo-os para utilização noutro local.

Outro factor importante a considerar ao preparar novas superfícies é a optimização antecipada do espaço e do equipamento, escolhendo materiais que serão fáceis de reciclar ou reutilizar no futuro. A utilização de paredes “verdes” e materiais naturais de acabamento disponíveis localmente (sem ter que importar) são apenas algumas soluções com uma menor pegada de carbono.

Reutilizar

Mudar-se para um novo escritório não significa que tudo tenha de ser novo. A criação de um espaço contemporâneo que satisfaça as expectativas dos colaboradores ainda é possível através da renovação ou modificação do mobiliário usado anteriormente.

“A reutilização é um elemento da filosofia de baixo desperdício que merece mais atenção do que aquela que recebe. E por vezes tudo o que temos de fazer é mudar a cor ou a configuração, ou acrescentar um elemento moderno para mudar completamente o aspecto e o toque do mobiliário de escritório”, acrescenta Barańska.

Mobiliário usado anteriormente no Mindspace em Varsóvia

Materiais reciclados, imaginação e carácter

Existe agora um número crescente de produtos interessantes feitos de conteúdo reciclado, como bancadas de plástico reciclado, imitações de superfícies terrazzo, ou móveis feitos de blocos de papel de jornais reciclados.

A integração do antigo com o novo acrescenta carácter ao espaço de coworking do Mindspace

Outra forma de reduzir o desperdício num escritório, e criar uma atmosfera única, é procurar mobiliário antigo e integrá-lo no design do espaço. O espaço de coworking Minspace em Varsóvia é um grande exemplo de como mobiliário e decoração remodelados podem ser utilizados para criar aquela atmosfera “resimercial” que está em tendência.

“As oportunidades são infinitas quando se faz upcycling. Dependendo do tema escolhido, podemos utilizar quase tudo no interior. Já entregámos, por exemplo, lâmpadas feitas de peças de máquinas de lavar, mesas feitas de madeira de demolição, prateleiras feitas de pneus usados e bancos feitos de paletes”, diz Barańska.

Embora uma abordagem de baixo desperdício seja muito necessária e recomendada, significa mais esforço na pesquisa, selecção, concepção e apresentação de documentação para posterior certificação. Por razões óbvias, o mobiliário antigo e outros elementos reutilizados não vêm com os documentos formais apropriados, o que cria algumas barreiras a ultrapassar.

Sem dúvida, devido à crescente necessidade de criar espaços com maior preocupação pelo ambiente, veremos novos desenvolvimentos para tornar o processo mais racionalizado. Assim, por enquanto, vale a pena concentrarmo-nos na responsabilidade para com o ambiente, bem como na redução da quantidade de resíduos e na utilização de novos recursos.

Um objecto vintage como esta escala no Mindspace acrescenta carácter

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de utilizador.

Pode aceitar todos os cookies ou personalizar as definições para alterar as suas preferências. Saiba mais no nosso Declaração de Cookies.

Personalizar